Romance · Sageuk (Historical)

Moon Lovers: Scarlet Heart Ryeo

Esse com certeza foi um dos dramas mais esperados e, depois, mais comentados do ano de 2016.

Não é para menos, nos papéis principais estavam Lee Joon Gi e IU (Lee Ji Eun) e havia outros atores muito fofos fazendo os demais príncipes.

Vamos a uma introdução básica.

O drama se passa durante a dinastia de Goryeo (고려) que durou entre 918–1392, basicamente. Para referências futuras, a maioria dos dramas coreanos ocorrem durante o período seguinte, Joseon.

A história gira em torno a uma garota dos dias atuais – Go Ha Jin – que foi transportada a época de Goryeo e acordou no corpo de Hae Soo e se apaixona de forma muita rápida e profunda pelo 8° príncipe, Wang Wook.

Esse personagem foi representado por Kang Ha Neul, o mesmo que fez o protagonista em sua fase adolescente no drama Angel Eyes (fofo!). Veja a foto caso você – como eu – está com dificuldades para reconhecê-lo.Kang Ha Neul for “Angel Eyes”

Apaixonada por Wang Wook, ela tenta convencê-lo a abandonar o palácio e também a possibilidade de ser tornar rei, para viver com ela e só com ela.

Naquela época, por motivos políticos e financeiros, era possível que um homem se casasse várias vezes e mantivesse várias esposas ao mesmo tempo.

Mas, aqui, o problema nao é só uma garota do século XXI tendo problemas em aceitar a cultura antiga e machista de seus antepassados. O roteiro faz soar mais como uma espécie de egoismo no estilo: ou eu ou o trono. Depois essa exigência se tornará apenas mais uma inconsistência dentro da história.

Wook, também apaixonado, acha que possível abandonar tudo e ir viver com ela. Mas, por várias razões – muitas delas muito pouco plausíveis – eles nunca concretizam esse desejo.

Então, aos poucos, a protagonista vai conhecendo os demais príncipes. (imagem via allkpop. Pela ordem: Wang Wook, Wang So, Hae Soo, Baek Ah, Jung, Wang Yo, Eun e Won)

É quando ela conhece também o 4° Príncipe – Wang So – quem foi criado afastado do palácio desde a infância e tem no rosto uma cicatriz produzida por sua própria mãe, quem o despreza fervorosamente. Para sobreviver, obviamente, o príncipe teve que se tornar uma pessoa forte, decidida e fria. Por isso, todos o conhecem como um lobo ou um cão selvagem.

Pausa para a explicação: cicatrizes eram, culturalmente, mal vistas, pois eram um símbolo de impureza e de má sorte.

A série perde vários episódios construindo uma relação entre Han Seo e Wang Wook.

Enquanto isso, So faz seu melhor esforço para voltar a viver no palácio, proteger o Príncipe da Coroa – o primeiro dos muitos filhos que teve o Rei Taejo e seu sucessor – e ganhar o amor dos pais e dos irmãos.

Vendo o esforço sincero do 4° príncipe, Hae-So que – que antes de ser transportada no tempo era uma vendedora de cosméticos – decide ajudá-lo, encobrindo com maquiagem a cicatriz. Com a autoconfiança reavivada, So consegue realizar um ritual da chuva e acabar com uma forte seca que afetava o reino, tornando-se um “quase herói”.

Daí para frente a história vai ladeira abaixo.

Durante o ritual, Hae Soo tem uma visão em que o 4° príncipe aparece ensanguentado.

Obviamente, todas as premonições são claras e óbvias, não admitem intepretação. Certo? #sqn Ela, com o tempo, irá aprender o óbvio: ela estava errada sobre So. Até lá, suportem se puderem a cara de “medo” (?) da IU.

Somando a visão com todo o conhecimento histórico aprendido no colégio, ela deduz que So se tornaria o 4° rei de Goryeo – Gwangjong – quem matou todos seus irmãos. Resultado: ela deduz que o Wang So irá matar seus irmãos.

É quando começa toda uma crise existencial sem nenhum sentido, em que Hae Soo acredita que transformou Wango So no futuro Rei Gwangjong, por ter escondido a cicatriz que o impedia de ser reconhecido como um dos possíveis herdeiros  para o trono. Com isso, ela decide que depende dela salvar a todos!!! ha-ha-ha

O problema é que o príncipe So já havia mostrado suas boas intenções tanto com relação a sucessão do trono como em relação a protagonista. Isso faz com a mudança de opinião dela seja, além de inverossímil, incoerente. Ela vai persistir nesse jogo de acredita-e-desacredita com relação ao Príncipe por bastante tempo. Quando ela percebe que sua desconfiança causa vários problemas, mais do que ajuda as pessoas, ela resolve que “agora, sim, ela vai confiar”. Com a decisão, o romance realmente acontece. Mas, estamos falando do episódio 16… ou seja, lento, muito lento.

Os outros capítulos se relacionam com o desenvolvimento desse romance até o fim da série.

Contar mais que isso seria entregar muitos spoilers e, o último episódio é bonitinho. Mas, claro, isso é verdade considerando que se você chegou até aqui, você já deve ter se acostumado com as incongruências do roteiro, com o humor inconstante da protagonista e está habilitado para aceitar com mais boa vontade o que os roteiristas oferecem como desfecho – ou seja: mais maus entendidos – e poderá abraçar o lado fofo desse drama.

Outro problema com o drama: diálogos fracos, história cheia de inconsistências e mudanças de personalidades sem coerência.

Outro problema: muitas cenas em close, o que se torna um enorme problema, principalmente, quando as cenas eram essencialmente dramáticas e a expressão facial da IU era igual em todas as circunstancias. Basicamente, se você viu uma, viu todas. Porque ela só sabe fazer essa cara!

Já Lee Joon Gi esteve ótimo, variou entre a raiva, o desespero, a dor e o amor de forma consistente.

Outros príncipes também estiveram bem em seus papeis, fazendo o que era esperado de seus personagens. A princesa Hwangbo Yeon-Hwa fez uma boa vilã, que no fim até ganhou minha simpatía. Ela foi firme até o final em seus objetivos.

A OST é maravilhosa, vou deixar três músicas para dar um gostinho!

  = 6

10 = Perfeito
9 = Quase perfeito
8 = Muitas coisas boas
7 = Coisas boas e ruins em iguais níveis
6 = Muitos problemas, mas ainda recomendável
5 = Muitos problemas, assista por sua conta e risco.

4- 1 = Abandonados.

Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s